A comunidade brasileira de desenvolvimento e programação de jogos.
Bem-vindo: Qui Dez 13, 2018 3:59 pm

Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Responder  [ 55 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4
Autor Mensagem
 Título:
MensagemEnviado: Seg Fev 26, 2007 11:14 pm 
Offline
Membro júnior
Avatar do usuário

Registrado em: Ter Ago 08, 2006 5:52 pm
Mensagens: 49
Localização: São Bernardo do Campo - SP - Brasil
Nameless,

Acho que estamos patinando nestas últimas discussões, permita-me tentar corrigir a besteira que fiz quando não respondi "beleza, vamos em frente com o Shooter".

O que eu queria entender era o teu ponto de vista sobre o estilo, gameplay, público-alvo, sucesso do game entre outros motivos. Bom, corrija-me se estou errado, mas a tua intenção era o de produzir um game semelhante a outro já existente em estilo, gameplay, público-alvo etc. A minha intenção, até como colaboração para o projeto (já que meu conhecimento com Delphi é ínfimo), era sairmos de um game já existente para algo mais único, algo "nosso". Particularmente, eu gostaria mesmo de tentarmos fazer algo novo sobre este game, e não outro já conhecido "Battle Tanks II". :0)

De certa forma, já havia feito a pergunta sobre "diversão versus tecnologia" quando propus games como "Shooter" e "Future", respectivamente relativos aos temas da comparação. E eu já sabia a sua resposta, inevitavelmente. Na verdade era só uma tentativa de dizer que o game deve ser pensado conceitualmente primeiro, o que trás a questão do "único, nosso". Mas já comecei a ser redundante nisto, então sigamos em frente.

Sobre o 2D, eu realmente estava tratando de sua 1a. possibilidade, ou seja, ser totalmente 2D. Mas não confunda, esta foi apenas mais outra tentativa de mantermos a discussão conceitual e não técnica sobre o game. Imagine: utilizaríamos um framework gratuito como o PopCap, de alta produtividade, e já testaríamos nossas idéias conceituais sobre o gameplay, tema, cenários interativos... Os gráficos 3D deixam o game mais realista, mas se o pensamento sempre foi a diversão, o que tem a ver ser ou não 3D? Esta era a questão. :0)

Enfim, vamos de "Shooter" "single-multiplayer" e sem mais delongas! \o/

Bom... Pensando por outro lado agora... Se fosse inteiramente 2D eu poderia sair programando alguma coisa desde já, ou se fosse 3D mesmo, só que em C++... >___> Mas como a idéia minha (e tua também, imagino) é prosseguirmos com toda a tecnologia já produzida por você em Delphi, eu ainda preciso daquele período de "adaptação com a linguagem" para começar a te ajudar (o que me deixa angustiado). -___-

[]'s

_________________
Rodolfo Calabrezi

Software Engineering
Business Development


http://cruelbyte.com
skype, twitter, facebook: rcalabrezi
linkedin: http://www.linkedin.com/in/rcalabrezi


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título: ...
MensagemEnviado: Ter Fev 27, 2007 10:41 am 
Offline
Membro júnior

Registrado em: Sáb Nov 11, 2006 10:56 am
Mensagens: 32
cara, se vc manja C do 3 meses pra vc ta fera em Delphi, essa e a vantagen de OOP todas tem a mesma base o que muda e algumas sintaxes.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Ter Fev 27, 2007 11:38 pm 
Offline
Membro avançado
Avatar do usuário

Registrado em: Qui Jan 12, 2006 7:30 pm
Mensagens: 434
Localização: irc.voidzero.com - #gamedev
dracodomain escreveu:
O que eu queria entender era o teu ponto de vista sobre o estilo, gameplay, público-alvo, sucesso do game entre outros motivos. Bom, corrija-me se estou errado, mas a tua intenção era o de produzir um game semelhante a outro já existente em estilo, gameplay, público-alvo etc. A minha intenção, até como colaboração para o projeto (já que meu conhecimento com Delphi é ínfimo), era sairmos de um game já existente para algo mais único, algo "nosso". Particularmente, eu gostaria mesmo de tentarmos fazer algo novo sobre este game, e não outro já conhecido "Battle Tanks II". :0)


A minha preocupação maior sempre foi tecnológica, e não de gameplay.

Por quê? Simples.
Considerando que não existe investimento financeiro, não existia time, não existia prazo, não existia chefe, não existia publisher, não existia absolutamente nada além de mim mesmo, com uma idéia quase que vaga do que seria feito, eu não via (e ainda não vejo) problemas em não se decidir qual tipo de jogo, ou como seria o gameplay, neste momento.

Sem pressão externa para indicar o que deveria entrar ou sair do jogo, eu não tenho preocupação em seguir uma linha pré-definida para ele, uma vez que temos total liberdade para alterarmos como quisermos, e quantas vezes quisermos (e conseguirmos) toda a mecânica dele - sem preocupação com o que alguém na cadeia de comando pensaria sobre isso, o que dá flexibilidade quase que total para se alterar o que for necessário.

Sim, saber o que vai se fazer torna mais fácil o processo, mas se tivermos uma certa idéia do que seria o conceito inicial, poderíamos livremente adaptarmos até que fique a nosso gosto.

A maior preocupação era tecnológica porque eu não queria ficar testando durante seis meses qual engine utilizar (vamos de ogre. três meses depois: ogre não tem suporte a física, vamos incluir ode. olha pro lado: irrlich the suporte a colisão, então vamos pra lá. dois meses depois: irrlich não tem suporte pra som, vamos procurar alguma biblioteca pra fazer isso), e, considerando que GLScene suporta diversos formatos de arquivos, já tem suporte a FMOD e BASS, possui suporte a ODE, DCE, diversos formatos de texturas, sistema virtual de arquivos, sprites para HUD, timers, e, ainda, é pra delphi - linguagem que mais conheço - bom, a resposta foi clara :wink: , não precisar sair correndo atrás de engines, e testar uma por uma para saber como elas são, e ainda ter que aprender a usar elas.

Depois disso, a preocupação é em ter algo que funcione, uma vez que eu - pessoalmente - não consigo programar muita coisa sem ver ela funcionar, além que, pelo menos, dá a impressão que a coisa anda mais rápido.

Uma vez que exista algo funcional - objetos controlados pelo jogador, objetos controlado pela IA descomunalmente tosca - já dá pra ter idéia de como seria a mecânica dele, e poder brincar e experimentar à vontade, de modo que fique como achar melhor. Se necessário, muda-se o gameplay, sem problemas. 3ª pessoa, 1ª pessoa, top-down, por minha parte, pode ser tudo decidido mais tarde, mesmo que tenha que se re-implementar muita coisa que já está feita, mas de modo diferente.

dracodomain escreveu:
Bom... Pensando por outro lado agora... Se fosse inteiramente 2D eu poderia sair programando alguma coisa desde já, ou se fosse 3D mesmo, só que em C++... >___> Mas como a idéia minha (e tua também, imagino) é prosseguirmos com toda a tecnologia já produzida por você em Delphi, eu ainda preciso daquele período de "adaptação com a linguagem" para começar a te ajudar (o que me deixa angustiado). -___-


Como eu disse, não vejo problemas em fazer experimentos mais tarde, quando já tiver algo (bem mais) funcional (do que tem agora).
Quanto a ajudar no código, não tenha pressa... quando eu estiver com o editor de terrenos mais funcional, eu publico o código, pra você dar uma olhada, aí já fica mais fácil se adaptar à linguagem, e a gente aproveita pra definir as convensões de nomenclatura que seriam utilizadas, e já dá pra cair na parte técnica dele.

O que acha?

_________________
The best performance improvement is the transition from the nonworking state to the working state.
~J. Osterhout


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Qua Fev 28, 2007 4:06 am 
Offline
Membro júnior
Avatar do usuário

Registrado em: Ter Ago 08, 2006 5:52 pm
Mensagens: 49
Localização: São Bernardo do Campo - SP - Brasil
Fala, genus2200!

Talvez você tenha razão, nunca tive muito problema com linguagens (devo conhecer mais de quinze a fundo). O que me deixa um pouco desanimado são os comentários que ouço de quem já fez coisas interessantes nas duas linguagens em questão (C e Delphi) e preferem C de longe... :0/

[]'s

_________________
Rodolfo Calabrezi

Software Engineering
Business Development


http://cruelbyte.com
skype, twitter, facebook: rcalabrezi
linkedin: http://www.linkedin.com/in/rcalabrezi


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Qua Fev 28, 2007 4:11 am 
Offline
Membro júnior
Avatar do usuário

Registrado em: Ter Ago 08, 2006 5:52 pm
Mensagens: 49
Localização: São Bernardo do Campo - SP - Brasil
Fala, Nameless!

Não tenho o que discordar do teu pensamento pois não há nada de errado com ele. O que estamos discordando é apenas prioridade, só isto.

A tua prioridade era a tecnologia e agora a funcionalidade, enquanto que a minha é o conceito. São opiniões distintas, se formos adiante com isto vamos por muito tempo discordar um do outro sem sair do lugar. Não é isto que eu quero. O que eu quero é uma trégua, uma forma que possamos nos entender e trabalharmos juntos sem que eu tenha que produzir tecnologia/funcionalidade me preocupando com conceito e nem você trabalhando no conceito se preocupando com tecnologia/funcionalidade. A menos que não haja outra saída, é claro. :0)

Se pensar bem, o meu porquê também é simples. A minha preocupação é agradar as pessoas, é aquele pensamento ainda no divertimento e sucesso do game. Só depois disto definido é que vou me preocupar em como trabalhar para fazer o game acontecer. Neste momento também gosto de ir vendo a coisa funcionando, exatamente como você. É lógico que irei me preocupar com tecnologia, você não faz idéia de como adoro isto, mas na minha concepção existem prioridades na produção de um "game", vejo o trabalho de planejamento conceitual (estilo, gameplay, público-alvo, sucesso) algo fundamental, tamanho é o post que fiz sobre o game design document. A vantagem de se preocupar no conceito é que ele não depende tanto de prazo, investimento, equipe e publisher quanto se fosse na tecnologia.

Como não vejo nada de errado em pensar assim, e também não vejo nada de errado em como você pensa, então bastamos conciliar as coisas. Até sou flexível a ponto de, se for o caso, partirmos para algo de concreto primeiro (tecnologia, funcionamento), mas desta forma eu passaria a ficar preocupado com as duas coisas - a menos que estivéssemos desenvolvendo apenas um engine, ou um middleware, ou um editor de cenários... Mas não, é um "game". >___>

Enfim... Pelo amor do santo mnemônico, esqueçamos os motivos que nos levaram a chegar neste ponto. Acho que tanto para você, quanto para mim, eles já estão bem claros. Praticamente um 0xFFFFFFFF. :0)

Nameless Stranger escreveu:
(...) vamos de ogre. três meses depois: ogre não tem suporte a física, vamos incluir ode. olha pro lado: irrlich the suporte a colisão, então vamos pra lá. dois meses depois: irrlich não tem suporte pra som, vamos procurar alguma biblioteca pra fazer isso (...)

Cara, ri muito com este teu parágrafo! Me vi nesta situação anos atrás e você está certíssimo, sou testemunha disto. ^___^

Nameless Stranger escreveu:
O que acha?


Acho bem plausível. Bom, alguma sugestão do que posso fazer neste período?

Como me preocupo mais com o conceito, estou realmente tendendo a produzir um "teste" totalmente 2D (já que, pelo visto da proposta que decidimos, é possível que seja 3D com a logística 2D). Assim podemos meio que dividir as preocupações atuais: você com as tecnologias, eu com o conceito. Se o que eu fizer, funcionar, e o que você fizer, funcionar, teremos uma maior chance do game como todo também funcionar - e menor chance de retrabalho.

O que acha?

A propósito... Os projetos na GameDev Brasil pertencem exclusivamente a um único membro? Como faço para também fazer upload de arquivos e manter o projeto atualizado como membro de uma equipe?

[]'s

_________________
Rodolfo Calabrezi

Software Engineering
Business Development


http://cruelbyte.com
skype, twitter, facebook: rcalabrezi
linkedin: http://www.linkedin.com/in/rcalabrezi


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Qua Fev 28, 2007 12:53 pm 
Offline
Membro avançado
Avatar do usuário

Registrado em: Qui Jan 12, 2006 7:30 pm
Mensagens: 434
Localização: irc.voidzero.com - #gamedev
dracodomain escreveu:
Acho bem plausível. Bom, alguma sugestão do que posso fazer neste período?

Como me preocupo mais com o conceito, estou realmente tendendo a produzir um "teste" totalmente 2D (já que, pelo visto da proposta que decidimos, é possível que seja 3D com a logística 2D). Assim podemos meio que dividir as preocupações atuais: você com as tecnologias, eu com o conceito. Se o que eu fizer, funcionar, e o que você fizer, funcionar, teremos uma maior chance do game como todo também funcionar - e menor chance de retrabalho.


Ótimo, sinta-se à vontade para trabalhar no conceito! Lhe dou total liberdade para isso - podendo modificar qualquer aspecto da mecânica e jogabilidade - enquanto houverem tanques nele, tem o meu total apoio.

dracodomain escreveu:
A propósito... Os projetos na GameDev Brasil pertencem exclusivamente a um único membro? Como faço para também fazer upload de arquivos e manter o projeto atualizado como membro de uma equipe?


Luiiiiiiiiiiiiiiiiiz! Isso dá pra fazer?

Porque eu olhei aqui nos projetos, e não vi nenhum lugar que dê pra cadastrar mais alguém nele... vou mandar uma MP pro Luiz pra ver se tem como fazer isso.

_________________
The best performance improvement is the transition from the nonworking state to the working state.
~J. Osterhout


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título: ..
MensagemEnviado: Qui Mar 01, 2007 12:04 pm 
Offline
Membro júnior

Registrado em: Sáb Nov 11, 2006 10:56 am
Mensagens: 32
dracodomain,
o pessoal que programa nos dois prefere C pq vc coda o algoritimo, e ele roda sem problemas em qualquer plataforma (com algumas excessões), enquanto o delphi, para cada plataforma tem que fazer uns ajustes pra funcionar 100%.
Eu gosto de delphi, prefiro delphi, mas dependendo do caso C entra pra ajudar, o que vc faz em C vc pode fazer em Delphi, porem cada um tem suas vantagens e desvantagens.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título:
MensagemEnviado: Dom Abr 08, 2007 3:01 pm 
Offline
Membro avançado
Avatar do usuário

Registrado em: Qui Jan 12, 2006 7:30 pm
Mensagens: 434
Localização: irc.voidzero.com - #gamedev
Antes que o tópico vá para a segunda página e acabe caindo no esquecimento :wink:

Então, aproveitei a páscoa, pra, além de me empanturrar de chocolate, fazer alguns experimentos com a texturização do terreno:

Imagem

Acabei adaptando um método disponível no site do GLScene (vá para http://glscene.sourceforge.net/wikka/UserDemos e procure o demo Cg_BlendedTerrain, ou então: http://prdownloads.sourceforge.net/glsc ... p?download ) além de alguma utilização também do http://www.delphi3d.net/articles/viewar ... aintex.htm

Prós:
-Detalhes muito melhores
-Transição de texturas muito mais suave
-Maior variação de texturas

Contras:
-Em GPUs antigas (como minha FX5200) a performance deixa a desejar (como visto no FPS counter da screenshot)
-Quando o terreno é visto de longe, é possível perceber o tiling das texturas

Mas, o principal segredo está em utilizar um bom lightmap colorido para dar boa variação na textura do terreno.

A parte legal é que acho que dá pra simular estradas no terreno, e mais alguns outros detalhes na textura.

E, pra variar, claro, como o LevelEd não previa isso, várias mudanças terão que ser feitas para que este método possa ser utilizado, e gerado pelo LevelEd. Isso, ainda, se este método será utilizado :roll:

_________________
The best performance improvement is the transition from the nonworking state to the working state.
~J. Osterhout


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título: Re: TC
MensagemEnviado: Ter Jun 07, 2016 9:06 am 
Offline
Membro novo

Registrado em: Seg Jun 06, 2016 5:07 pm
Mensagens: 4
Estava vendo esse projeto de vocês, sei que não gostam de reviver tópicos, mas esse game me deu água na boca, e parece que morreu, ou estou viajando? vocês o terminaram?


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Título: Re: TC
MensagemEnviado: Qui Dez 06, 2018 12:17 am 
Offline
Membro júnior
Avatar do usuário

Registrado em: Ter Ago 08, 2006 5:52 pm
Mensagens: 49
Localização: São Bernardo do Campo - SP - Brasil
Gabriel Leandro escreveu:
Estava vendo esse projeto de vocês, sei que não gostam de reviver tópicos, mas esse game me deu água na boca, e parece que morreu, ou estou viajando? vocês o terminaram?


Fala Gabriel! Cara, faz um bocado de tempo que não falo com o Nameless Stranger sobre o projeto, que acabou parado por falta de tempo desde 2007. Fiquei surpreso que havia uma mensagem 10 anos depois, tempo que não retornava a este site, então resolvi tirar a poeira e dar um oi.

Hoje certamente seria muito mais simples desenvolver o conceito original ou até algo mais elaborado, publicável, dada nossa experiência ao longo dos anos e a facilidade de acesso às ferramentas de desenvolvimento. Eu consigo ver este game numa versão VR nos dias de hoje, por exemplo. :0D

_________________
Rodolfo Calabrezi

Software Engineering
Business Development


http://cruelbyte.com
skype, twitter, facebook: rcalabrezi
linkedin: http://www.linkedin.com/in/rcalabrezi


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 55 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2, 3, 4

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB